Seguro Viagem

Se você está planejando uma viagem nacional ou internacional, é importante ficar atento com os imprevistos indesejados que podem acontecer durante a sua viagem.

Quando estamos de viagem marcada, a última das preocupações são os problemas que podem acontecer. Porém, é importante pensar neles se você não quiser ter gastos extras ou dor de cabeça com diversas burocracias que podem ser necessárias em sua viagem.

Para evitar dor de cabeça e gastos extras em sua viagem, aconselhamos que você se preocupe em contratar um seguro viagem. Neste artigo vamos responder algumas dúvidas mais frequente sobre contratar um seguro viagem.

DICA: Aqui você encontra boas opções e ainda consegue um desconto bem bacana usando nosso cupom de desconto. Utilize o nosso cupom para desconto: CONECTAVOOS5

Qual a vantagem de contratar um seguro viagem?

O seguro viagem cobre toda e qualquer eventualidade que leve o contratante a um estado clínico de urgência ou emergência de acordo com a cobertura da apólice contratada. Junto a cobertura monetária das despesas contratadas, onde o segurado não precisa dispor do dinheiro para o pagamento das despesas médicas/hospitalares/odontológica no local, o segurado dispõe de toda assistência às coberturas, como exemplo: assistência odontológica, fisioterapia, regresso sanitário, translado de corpo, orientação em caso de perda de documento ou cartão de crédito, auxílio para cobrir despesas em caso de cancelamento de viagem e um seguro em caso de invalidez permanente ou morte acidental.

O que é o Tratado de Schengen?

O Tratado de Schengen é um acordo firmado entre 26 países europeus, que visa estabelecer a livre circulação dos visitantes nos países participantes. O tratado também estabeleceu a obrigatoriedade da contratação de um seguro viagem no valor mínimo de € 30.000 euros para todos os turistas. O objetivo dessa regra é que o visitante possa garantir que terá uma forma de pagar por possíveis despesas médicas feitas durante a viagem, inclusive em caso de morte.

Segue abaixo os seguintes países que participam do tratado:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça
  • Liechtenstein
  • Chipre

Os únicos países que não participam do tratado atualmente são: Reino Unido, Irlanda, Croácia, Romênia e Bulgária.

Com quanto tempo de antecedência preciso contratar o seguro viagem?

O seguro pode ser contratado até no dia do seu embarque para o destino. Recomendamos apenas que compre o seguro depois de já ter as datas da viagem definida, ou até mesmo junto com a passagem aérea para não correr o risco de se esquecer.

Caso precise de atendimento médico no exterior, como aciono o meu seguro?

Assim que finalizar a compra do seguro, você receberá uma apólice em seu email. Nela estão listadas todas as coberturas do seguro contratado e os telefones caso você precise de atendimento de acordo com sua localidade. Algumas seguradoras dispõe de aplicativos no celular, onde poderão ser solicitado atendimento em uma necessidade além dos telefones disponíveis na apólice.

Caso eu não consiga contactar a seguradora e pague as despesas, serei reembolsado?

Sim, o reembolso é feito mediante a apresentação das notas fiscais originais e comprovantes do atendimento quando retornar ao Brasil junto os documentos pessoais solicitados pela seguradora. Por esse motivo é sempre importante guardá-los com com você.

Qual a diferença do seguro do cartão para o seguro viagem da seguradora?

A principal diferença é que por ser um serviço adicional, o seguro dos cartões de crédito trabalha majoritariamente com o serviço de reembolso, ou seja, caso você precise de atendimento no exterior, irá precisar desembolsar o dinheiro que tiver para pagar pelas despesas médicas. Já as seguradoras, trabalham com uma rede conveniada e caso você precise, basta acionar a seguradora e eles irão te indicar a rede de atendimento mais próxima.

O seguro viagem possui toda assistência em caso de necessidade, como um médico até o hotel, um direcionamento da rede hospitalar mais próxima, em caso de traslado de corpo, a seguradora cuida de todo o processo. Além do atendimento 24h os 7 dias da semana na sua língua.

Vou viajar por vários países, meu seguro vai me dar cobertura?

Ao optar pelo seguro viagem internacional, para qualquer destino, você estará assegurado em qualquer lugar do mundo, inclusive em alto mar, já neste último caso, os seguros são feito através de reembolso, uma vez que dentro do navio não possui rede de hospitais credenciados, somente médico disponível.

Qual a validade da minha apólice?

A validade do seu seguro são as datas de ida e volta prescritas na apólice. É importante lembrar que você só estará coberto(a) se estiver à uma distância mínima de 100 km da sua casa.

Quais os documentos necessários para emitir uma apólice para um menor de idade?
Você pode usar o CPF, o número do passaporte da criança ou do RG. Caso ela não tenha nenhum dos documentos citados, consulte a seguradora, algumas aceitam o CPF do pai ou da mãe para fazer a emissão da apólice.

O que é DMH?

DMH é a abreviação para Despesas Médicas Hospitalares. Em alguns lugares também pode estar escrito DMHO que significa Despesas Médicas Hospitalares e Odontológicas.

O que é DMH Total?

É a soma das Despesas Médicas Hospitalares e Despesas Médicas Pré Existentes.

O seguro cobre prática de esporte?

É necessário consultar a cobertura do plano para ter acesso a essa informação. Alguns planos são específicos para a prática de esporte, outros não possuem essa cobertura. É importante especificar o esporte que será praticado, pois algumas seguradoras têm restrições. Para mais informações, consulte um de nossos atendentes.

Quais são as redes de atendimento conveniadas as seguradoras?

Nenhuma seguradora divulga essa informação. O segurado só será informado sobre a rede de atendimento quando contactar a seguradora, que irá indicar a rede mais próxima da localização do solicitante.

Qual a diferença entre plano de saúde, seguro saúde e seguro viagem?

Os planos de saúde, normalmente oferecem cobertura apenas dentro do estado onde o segurado mora. Alguns planos possuem cobertura nacional ou até internacional e as coberturas estão limitadas a atendimentos médicos, exames, análises clínicas e cirurgias, mas é necessário consultar os detalhes do plano para se certificar o que ele realmente cobre.

O seguro saúde oferece ao contratante coberturas para consultas, exames, internações, análises clínicas e outras coisas relacionadas especificamente a saúde do segurado.

Já o seguro viagem, oferece cobertura para gastos com despesas médicas de urgência e emergência e cobre muitas outras eventualidades, como extravio de bagagem, traslado médico, traslado de corpo e até indenização em caso de acidentes que resultem em invalidez permanente ou morte do segurado.

No caso de extravio de bagagem, quando devo acionar o seguro?

É preciso ter em mãos um comprovante de extravio emitido pela companhia aérea para solicitar a assistência. No caso do seguro de bagagem complementar será necessário esperar que a companhia pague a indenização primeiro, para depois receber o valor restante através do seguro. Já o seguro suplementar independe da indenização da companhia e será pago assim que o extravio for comprovado.

Qual a diferença entre Seguro Bagagem Complementar e Suplementar?

O seguro de bagagem complementar – como o próprio nome diz –, completa a indenização paga pela companhia aérea até o valor estabelecido na apólice, ou seja, se o valor para extravio de bagagem descrito na apólice é de R$500,00 e a companhia aérea paga R$200,00, você receberá do seguro um valor de R$300,00 de indenização.

Já com o seguro suplementar, você terá direito a receber além do valor pago pela companhia, o valor estabelecido na apólice. Exemplo: Sua apólice tem o valor de R$500,00 para extravio bagagem e a companhia aérea te paga R$200,00 de indenização. Nesse caso você irá receber os RS500,00 da seguradora + os R$200,00 da companhia aérea, resultando em um total de R$700,00 de indenização.

Existe diferença para Seguro Viagem Para Menores de 14 anos e Maiores de 70 anos?

A maioria das seguradoras acrescem 50% nos valores das apólices para os contratantes com mais de 70 anos. E de acordo com a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), o Seguro de Vida por morte acidental para segurados de 14 a 80 anos, terão 100% (cem por cento) de cobertura do seguro. Com idade superior a 80 anos, algumas seguradoras reduzem em 50% (cinquenta por cento) na cobertura do seguro para despesas médicas e hospitalares.

O Seguro cobre viagens de carro?

O seguro cobre toda situação que coloque o contratante em estado de urgência ou emergência, desde que ele esteja há uma distância mínima de 100 km da sua residência. Em caso de acidentes, o seguro cobre apenas o segurado, despesas com o carro não estão incluídas na cobertura. Além disso, o extravio de bagagem não é válido para esse tipo de viagem, uma vez que o único responsável pelas malas será o próprio viajante.

Quais os riscos que o seguro saúde geralmente não cobre?

A maioria das seguradoras não cobre os seguintes eventos:

  • Roubo e Furto;
  • Atendimentos solicitados pelo segurado sem autorização da seguradora – salvo em casos de urgência e emergência que deve ser comprovada;
  • Despesas médicas com tratamentos, fisioterapia e medicamentos que não tenha sido prescrito pelo médico e que não seja consequência de algum acidente ou imprevisto que aconteceu durante a viagem;
  • Danos à bagagem, como violação ou extravio de objetos;
  • Custos com tratamento de doenças epidêmicas, pandêmicas ou endêmicas;
  • Cirurgias plásticas estéticas;
  • Tratamentos médicos, odontológicos ou fisioterapia de rotina;
  • Continuação de tratamentos médicos após o período da viagem;
  • Bens de uso pessoal como dinheiro, documentos, jóias e aparelhos eletrônicos;
  • Despesas médicas do segurado que colocou sua própria vida em risco;
  • Tratamentos psiquiátricos;
  • Pacientes em fase terminal;
  • Destinos em situação de Guerra ou rebelião;
  • Imprevistos resultante de fenômenos da natureza, tais como: inundações, terremotos, erupções vulcânicas, ciclones, furacões, maremotos, queda de meteoritos, etc;
  • Próteses

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here